Cirurgia da Catarata com Laser no Hospital Lusíadas Porto

Hospital Lusíadas Porto foi o primeiro hospital privado do Norte do País a introduzir uma técnica inovadora para a cirurgia de catarata: a aplicação do laser de femtossegundo: Trata-se de um aparelho que funciona quase como um bisturi eletrónico guiado pelo médico para realizar as incisões na córnea, a abertura da cápsula anterior e a fragmentação do cristalino. A cirurgia de catarata a laser introduz uma maior segurança, já que cerca de metade da cirurgia deixa de ser realizada manualmente pelo médico e passa a ser realizada automaticamente pelo aparelho laser de alta precisão. A introdução deste laser é uma revolução na cirurgia de catarata porque muda e oferece algumas vantagens significativas sobre a técnica cirúrgica que tem sido usada desde 1990 em que a realização do procedimento é feita de forma manual e a aspiração dos fragmentos é feita utilizando ultrassons.

A cirurgia de catarata com o laser de femtossegundo consta de duas fases. Na primeira parte, o paciente é tratado com o laser para realizar a abertura da cápsula anterior do cristalino (capsulotomia), a fragmentação do núcleo e a criação das incisões na córnea. Minutos mais tarde o cirurgião completa o procedimento de aspirando os fragmentos da catarata e implantando uma lente intraocular.

Principais vantagens:
- Maior segurança, rapidez e precisão nos passos mais delicados da cirurgia;
- Cirurgia menos invasiva e com redução do tempo de ultrassons na fragmentação da catarata;
- Maior rapidez de recuperação visual pós-operatória;
- Maior segurança e eficácia das lentes intraoculares implantadas para correção de presbiopia (“vista cansada ao perto”) e astigmatismo.

O laser de femtossegundo do Hospital Lusíadas Porto adiciona à cirurgia de catarata tradicional a segurança, precisão e rapidez do laser.